Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Luís Severo, piano e voz

Luís Severo, piano e voz

Música & Festivais | Concerto

Teatro M. Garcia Resende

Palco
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 6 anos
2018
jan
27
Realizado

Duração

90 minutos

Abertura Portas

21:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Produtor

Radical Júpiter, Lda.

Breve Introdução

Luís Severo apresenta o seu álbum homónimo, ao piano. Évora está inserida nesta tour, que irá percorrer todo o país, onde o piano e a voz do cantautor Luís Gravito terão o papel principal, em concertos que se querem intimistas e repletos de intensidade.

Sinopse

Foram vários os anos a que se dedicou ao projecto Cão da Morte. Canções sombrias onde se refugiou desde os 16 anos a aprimorar a escrita e a composição. Depois de várias edições, em jeito de purga, decidiu assumir-se em nome próprio como Luís Severo. Cara DAnjo trouxe-o com uma voz mais distinta. As canções surgiram mais extrovertidas reflexo da afirmação de uma nova persona pop para Luís Gravito. Depois do sucesso de singles como Canto Diferente ou Ainda É Cedo, a banda formou-se com Bernardo Álvares, baixista, e Diogo Rodrigues, o baterista que o aproximou de Alvalade e da boa gente dos Capitão Fausto. Foi precisamente pela Cuca Monga que, no início de 2017, editou o seu segundo disco de originais Luís Severo. Expôs-se ao piano, a novos arranjos e a outros alcances vocais, com a produção de Diogo Rodrigues e Manuel Palha. O disco contou ainda com a participação de Tomás Wallenstein, Salvador Seabra, Francisco Ferreira, Violeta Azevedo, Teresa Castro, Manuel Lourenço, Bia Diniz; tudo músicos prolíferos de nova geração. No Teatro Ibérico, em Março, celebrou o novo disco ao piano e voz num concerto especial em que aposta como crescimento natural do seu trabalho. Assim aconteceu no Passos Manuel e no Salão Brazil em Coimbra. É da mesma forma que se apresentará no Festival Para Gente Sentada e no Vodafone Mexefest no último trimestre do ano!

Interpretação

Luís Severo

Produção

Puro Fun / Pointlist / Câmara Municipal de Évora

Ficha Artística

Luís Severo, piano e voz

Produção - Puro Fun / Pointlist / Câmara Municipal de Évora

Encenação n/a

Interpretação - Luís Severo

Direcção técnica e som n/a

Partilhar

Serviços Adicionais